7 Motivos para Investir em Dropshipping Nacional

Para quem trabalha com e-commerce ou se interessa pelo assunto, o termo “dropshipping” vem aparecendo cada vez mais entre as discussões e possibilidades de mercado.

Afinal, esse modelo de negócio é bem atrativo, principalmente para pequenos e novos empreendedores. Se você é ou quer se tornar um deles, este artigo é para você.

Dentre as discussões sobre o tema, uma das principais diz respeito à duas variações do dropshipping: o nacional e o internacional. Antes de listar as sete maiores vantagens do dropshipping nacional, no entanto, vamos contextualizar o assunto.

Boa leitura!

O que é dropshipping?

Mesmo que ficando cada vez mais popular, o termo “dropshipping” ainda causa um nó na cabeça de muitas pessoas. Por isso, é hora de você finalmente entender o que é e como funciona:

Dropshipping é o nome de uma técnica que envolve e-commerce gestão e logística. Nela, um comerciante vende, em uma loja virtual, produtos diretamente do estoque do fornecedor, sem precisar adquiri-los ou estocá-los para isso.

Assim que o cliente final conclui a compra, o fornecedor é avisado e se compromete a enviar a encomenda diretamente para ele. Geralmente, essa técnica é explorada em plataformas que são administradas por uma empresa que possibilita e controla a operação, além, claro, de fornecedores, comerciantes e o consumidor final.

Agora que você já sabe o que é dropshipping, já pode entender melhor quais são as variações dessa técnica. No dropshipping internacional, o comerciante vende produtos de origem estrangeira. Geralmente eles vêm da China por alguns fatores como:

  • Alta capacidade de inovação tecnológica;
  • Mão de obra barata;
  • Alta gama de produtos e categorias;
  • Preços baixos.

Mas também podem vir de outros países asiáticos ou até mesmo dos Estados Unidos.

E dropshipping nacional?

Já o dropshipping nacional consiste na venda de produtos fabricados no mesmo país do comerciante. Embora menos popular, é ela que vem despontando nos últimos anos, por uma série de motivos que vamos citar no próximo tópico.

Por que investir em dropshipping nacional?

Se você estava em dúvida entre investir no dropshipping nacional ou no internacional, chegou a hora de finalmente entender porque é melhor apostar na primeira opção. Veja sete razões que vão te convencer:

1- Para conquistar a confiança do cliente

Vamos tomar como exemplo uma pessoa que compra produtos da China em sites como Aliexpress (duvido que você já não tenha ouvido falar sobre ele). Agora pense e me responda: quais produtos ela possivelmente compraria?

Se você respondeu produtos de baixo valor, como roupas e acessórios, acertou em cheio. E isso tem dois motivos claros:

  • Os valores são menores que os praticados no Brasil;
  • São produtos supérfluos, ou seja, não essenciais.

Isso acontece porque as pessoas não confiam em produtos da China. Elas não acreditam que eles vão chegar conforme o anunciado, porque nem sempre chegam.
Então, compram produtos baratos e dos quais não precisam para que, caso algo dê errado, elas não percam muita coisa.

O dropshipping nacional traz mais segurança para o cliente pelo fato de os produtos não estarem do outro lado do mundo. Com mais confiança as pessoas compram mais, gastam mais, e você ganha mais com isso.

2- Para ter uma logística mais rápida e descomplicada

E por falar em outro lado do mundo, você sabe que produtos da China demoram a chegar ao Brasil. Eles vêm de navio, já que o transporte aéreo de cargas é bem mais caro.

A entrega pode demorar um mês, dois meses, três meses… ou nunca acontecer. É comum os produtos não serem nem postados, ficarem retidos na alfândega ou até mesmo perdidos em centros de distribuição.

Se perguntar a qualquer pessoa que já comprou produtos de dropshipping internacional, você vai descobrir que é a regra geral é não depender deles ou ficar esperando por eles, justamente porque não há uma garantia de sucesso na entrega. Isso sem contar os casos de dano durante o frete.

Já em produtos nacionais a logística é mais fácil porque literalmente não encontra fronteiras. Assim, os produtos chegam mais rápido e sem problemas.

Logística Dropshipping nacional mais rápida e descomplicada

3- Para garantir um frete mais barato

Outro ponto em relação à distância é o valor do frete, já que é o cliente quem paga por ele. Independentemente da nacionalidade do produto, a moeda internacional para compras é o dólar. E, no momento da conversão, o cliente sente no bolso.

Mesmo produtos leves, pequenos ou simples podem se tornar bem caros quando o valor final inclui o frete. Isso porque o Dólar vale mais que o Real, o que faz com o que preço se multiplique.

No dropshipping nacional, o frete sai mais barato justamente por não cruzar fronteiras. Assim, você conquista a confiança do cliente, que pode comprar muito mais.

4- Para vender produtos de qualidade

Uma das maiores reclamações em relação a produtos chineses é, sem dúvidas, a qualidade. Eles são conhecidos por durarem pouco, porque geralmente têm construção simples. Alguns são mesmo réplicas.

Mesmo que o cliente saiba de tudo isso na hora da compra, ele nunca espera algo ruim. Por isso, ainda é provável que a imagem do lojista fique manchada.

Produtos nacionais e originais, por terem melhor qualidade, funcionam melhor, duram mais e agradam o cliente. Aposte neles!

5- Para oferecer produtos locais aos clientes

A grande vantagem do dropshipping nacional é, claro, a proximidade entre o cliente e o fornecedor. Mas isso pode se traduzir de várias maneiras. Uma delas é a possibilidade de comercializar produtos que sejam mais “a cara” do consumidor.

Nesse caso, o benefício é triplo. O fornecedor consegue lucrar explorando aspectos culturais e locais, o que movimenta a economia nacional. O lojista consegue mais clientes (e mais dinheiro, claro) por oferecer esse diferencial. E o consumidor final consegue suprir suas necessidades.

Produtos locais têm a ver com identidade cultural, e o dropshipping internacional não consegue acompanhar isso. Desde coisas simples, como dispositivos configurados em português, até itens específicos, como cachaças e outros produtos  de nicho, é impossível suprir algumas necessidades com itens estrangeiros.

6- Para ter acesso a vários produtos e fornecedores

Além dos produtos locais, o dropshipping nacional abre portas para uma enorme variedade de categorias e fornecedores. Isso porque a produção nacional de produtos abrange as mais diversas áreas do comércio.

Há vários fabricantes e fornecedores espalhados pelos quatro cantos do Brasil. Pense na quantidade de produtos e nichos que você pode explorar.

Investindo nesse modelo de negócio, além de lucrar bastante, você acaba por ajudar a movimentar a economia local.

7- Para se destacar no mercado

Se por um lado há várias vantagens em apostar no dropshipping nacional, por outro essa ainda é uma técnica pouco explorada no Brasil. Isso porque a maioria dos empreendedores ainda preferem importar produtos de outros países, como China e Estados Unidos.

Isso faz com que novos empreendedores tenham a grande chance de destacarem no mercado, sendo um dos primeiros a atuarem nessa técnica nacional. Eles encontrarão mais abertura por parte de fornecedores e clientes por unir novidade e facilidade.

Se esses 7 motivos convenceram você a querer saber mais sobre o dropshipping nacional, temos uma proposta: que tal visitar o nosso site e conhecer melhor a nossa plataforma?

Nela, você não precisa se preocupar com estoque, frete, capital de giro e outras burocracias porque a gente cuida de tudo!

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado ao público